Sobre ser uma pessoa de Sorte

Bom dia meninas fofoletes do será que sara.
Sei que tem umas fofoletes perdidas que gostam qd eu meto meus dedinhos p colocar algo p fora, algo pessoal, e o trabalho está me impedindo de fazer isso com frequência. (Q bom!)

Mais hj, vou sim...

Eu me considero uma pessoa de muita sorte, porque por mais q sou normal, me decepcionei com algumas pessoas nessa vida e como td mundo já fui magoada várias e várias vezes, eu sempre tive a sorte de em todos esses momentos eu ter pelo menos UMA pessoa ao meu lado me apoiando e me amando.

Muitas já conhecem a minha história e sabem que não tenho contato com a minha mãe biológica, é simplesmente um sentimento que não flui, depois de 11 anos se contato algumas coisas se perdem, o amor é como uma bica d'agua, se vc ñ cuida não tira o matinho que vai crescendo o mato cresce cresce e a bica seca, e em 11 anos se criou mt mato.

Mais eu sempre tive a sorte de ter pessoas maravilhosas na minha vida que preencheram esse "vazio" perfeitamente.
Primeiro minha avó paterna, minha Oma, que já por ser avó me amava incondicionalmente, e por ter cuidado de mim, ficado dois anos longe, e depois ter cuidado de mim dos 7 até os 18 a tornou uma mãezona. Claro vó sempre achava que eu ficava pouco com ela e dava poucos ouvidos, talvés ela tivesse razão, talvés mais manha de vó que razão, só sei que quando ela se foi, de td que mais me doeu não foi aquele feijão que só ela sabia fazer no mundo, nem os bolinhos de chuva que eu pedia e não importava o qt de costura que ela tinha pra fazer que ela ia lá e fazia. Nem mesmo qd eu dormia até tarde e meu pai queria me acordar e ela dizia "Tadinha deixa ela dormir" mais sim quando eu voltava pra casa e ela ñ estava mais no portão me esperando. Nossa issso sim foi difícil, o dia que virei a esquina e ela não estava no portão.

Ps.: Olhem eu que fofinha



Mas sei que ela está comigo, está feliz, pelo rumo q minha vida tomou, feliz por mim e pelo Jaison e por td mais.

Ai eu tive a sorte de ter uma boadrasta, que veio com pacote completo filha, irmãos para chamar de tio, sobrinhos para serem meus priminhos e pais para serem meu nono e minha nona, e por último e sim mais importante me deu um irmão, que eu amo mais que td nessa vida.
Sim a minha mãe pois sempre a chamei de mãe, e mesmo separada do meu pai ela continua sendo a minha mãe.
Alguém me me ensinou e me cobrou, e me criou como se fosse do mesmo sangue.

Meus irmãos e minha mãe



Agora alguém vem com esse lenga lenga de laços de sangue? Existem laços muito maiores que laços de Sangue e esses são os laços de amor.
Quando se tem laço de sangue, quase que automaticamente "se tem que amar", e quando laços de sangue não os unem?
Só resta o amor verdadeiro sem nada em troca, e mais uma vez eu tive sorte pois tenho uma mãe que não tem o mesmo sangue q eu e nem mesmo é casada com o meu pai, e continua me amando como filha, e uma irmã que muito menos sangue, nem o branco do olho é parecido rsrsr e mesmo assim é minha irmã e ponto.
Ps.: Tia e primas, laços de amor de nos uni



Aí, meu pai teve a sorte de conhecer uma pessoa, que graças a Deus não precisou me conquistar com puxação de saco, o que geralmente rola com os namoros de pais separados, td aquela simpatia etc etc...
Não; nem eu mostrei os dentes p ela logo de cara e nem ela. Foi ai que começei a gostar dela.
A minha atual madrasta não tem nada de má haha e é sim uma boadrasta.
A nossa amizade vai crescendo aos pouquinhos, adoro o jeito que ela confia em mim, e me ouvi qd preciso.
O jeito q ela me elogia sem ser puxa saco, e no final ela ainda afirma que não ta puxando o saco pq não faz o tipo dela rsrs.

Déia



A pessoa mais adulta que conheci, que não se grila com as coisas, que coisa pouca não atinge, ai ai... adulta minha gente, o que menos conheço é gente adulta, e a Déia faz parte das pessoas aultas que conheço.

Hoje cedo tinha um recadinho no MSN, para almoçarmos lá amanhã; meu pai não se dá o trabalho de digitar e convidar ela faz questão. E só p frizar eu só almoço na caso dos outros se sou convidada, caso contrário fico em casa. Não importa se td ano tem aquela comemoração, não vou pra casa de ninguém serser convidada.


E claro por último e não menos importante eu meu marido, que como já citei algumas vezes aqui, foi a melhor de todas as minhas escolhas, é aquele companheiro para todas as horas, aquele cafuné sempre a disposição, esteve em todas as fases difíceis citadas nesse post segurando a minha mão, e mais uma vez o que nos uni não são laços de sangue e sim o amor.
O Jaison é meu melhor amigo, aquele que posso ouvir horas seus problemas, aquele que eu confio para contar meus segredos, meus desejos, meus sonhos mais malucos.
Um verdadeiro companheiro.




Agora eu pergunto, o que vale mais a coitadinha sem a mãe, ou aquela com 3 mãezonas que sempre tem com quem contar, que 90% da fámilia não tem o mesmo sangue nem o mesmo sobrenome rsrs, e mesmo assim a ama comos e fosse da fámilia, mesmo teoricamente nem sendo mais da família?



Meu pai e minha mãe biológica, não tem irmãos, ou seja tios de sangue eu não tenho, nem primos.
Porém eu tenho muito parente minha gente, e amo todos.

Tirando aqueles que são só seus amigos



Só por esses pequenos detalhes me considero uma pessoa de muita sorte, e isso basta!



Obrigada as que leram e desculpem o postão as que não leram rsrs
Um beijão e uma ótima Páscoa para todos vocês e suas fámilias sendo com laços de sangue, de amor ou dos dois.


Com Carinho

Anita

10 comentários:

Noiva ZY disse...

Oi florzinha linfa!! Que lindo post!! Que bom que você é rodeada de "familiares"!!Felicidades sempre a vocÊ flor!!
ótimo fim de semana!

Kety disse...

Eu concordo com td o q disse. Familia mtas vezes não é aquela de sangue. Aquela que teoricamente deveria ser. E acho lindo vvc ter uma familia assim. Eu tenho uma assim tb, em partes. a familia do meu bondrasto ja era minha familia declarada antes mesmo que ele fosse o bondrasto. e ja a familia do meu pai nõa vejo a anos e nem me incomodo.

Um beijão!!

boa páscoa

disse...

Que post lindo Nita!
A história do Luis tem muito disto que vc falou, laços de coração, e realmente eles são os que mais importam...
Um bjo linda e ótimo feriado pra vc...

Jessica disse...

Q Posta mais lindo!!!
Me emocionei lindona!!!
Mto fofo mesmo...
Por isso amo seu blog, pq ele é verdadeiro assim como vc.
Uma ótima Páscoa...
Bjoooooo

Thalita disse...

Disse tudo! Beijos

disse...

Oi Anita,
Que post lindo... concordo exatamente com o que vc escreveu... não adianta ficarmos sendo "vítimas dos nossos sentimentos de abadono"... o lance é viver intensamente e somar, sempre somar... e hoje vc é prova de quem formou uma linda família com pessoas maravilhosas...
Bjs!!!

Musa disse...

Amei o post e, com esse clima de Páscoa, adorei ver que vc é grata pelas pessoas que entraram em sua vida e te amaram como você merece. :)

Beijos!

Marta disse...

Anita,
Você possui anjos na sua vida e pessoas que mesmo não sendo de sangue são mais que especiais para você e estão sempre ao seu lado!
É lindo quando todos se dão bem e vc mostra isso com as "suas mães" :)
Eu tb não vou para casa de ninguém sem ser convidada! Acho o óooo...rssss
Parabéns pela bela família e pelo maridão!
Beijocas

Deise e Anisio disse...

Realmente amiga...nem todos os laços de sangue são os mais sinceros.
Muitas vezes encontramos nas pessoas de fora as melhores amizades.
E qtas mães vc tem hein sortuda? rsrs
Boa Páscoa pra vc.
Bjussss ebom fds.

Tati disse...

Lindo post... adoro seu blog... vem conhecer o meu também, novíssimo: noivinhaneurotika.blogspot.com...
bjinhos