Clarice Lispector

Há dias queria vir aqui, vomitar algumas coisas nesse teclado.
Antes seria um post feliz dizendo o quanto eu estava feliz com a conquista de pessoas que eu tanto gostava, e mesmo não estando no top com eles, eu sabia que fazia parte daquela conquista.
Porém achei que muito melhor seria depois, assim poderia contar como realmente me senti como me trataram.
E o que aconteceu nada daquilo que eu estava sentido perdurou. Muito pelo contrário, uma dor, um vazio, uma por assim dizer "depressão" tomou conta de mim e estragou alguns dos meus dias...

Não encontrei forçar p desabafar, nem conversar, nem me expressar, me afastei de tudo, porém me afastando de tudo e de todos eu mergulhava ainda mais naquela amargura dentro do peito. Enfim troquei de tática e fui seguindo meus dias, conforme mais eu ia me aproximando de GENTE, melhor eu me sentia, e foi nesse momento que percebi que a Anita velha Anita estava Voltando, e não só voltando como meu estado de espírito tbm.
Pois não sou lamentações, graças a Deus, sou sempre positiva, me agarrando no que me faz feliz e não no que não me faz...


Bom mais ate agora faltou inspiração.
Mais de bobeira lendo a Clarice Lispector, um texto dela me fez escrever todo esse.
Abrindo um parêntese, ela é maravilhosa, as frases que eu mais gosto estou descobrindo que são dela, esse texto foi maravilhoso, quero ler mais e mais ela.

Então para quem não sabe, eu não sou formada, eu fiz dois anos de odontologia e tranquei a faculdade.

Ao contrário de grande parte de população e sempre soube que eu queria ser "dentista" qd crescesse.
Trabalhei em um consultório odontologia por dois anos e meio.
Os anos foram passando e eu ñ mudava de idéia, pra minha sorte após passar no vestibular, meu pai estava vivendo a melhor fase da empresa (Ele é torneiro mecânico a há uns oito ou 10 anos ele montou uma microempresa)
Sendo assim a possibilidade de cursar Odontologia estava mais ao alcance dos meus dedos do que nunca.
Após minha experiência como auxiliar eu adquirir conhecimentos que fizeram td diferença depois.
Foi maravilhoso sair do segundo grau rumo à faculdade. Eu tava muito empolgada, e não imaginava como seria.
Eu só tinha uma certeza todos que eu encontraria lá, seria mais rico, mais metidos, e mais muitas coisas do que eu.

Enfim de buzão todo dia ia com as melhores roupas (q eu poderia ter nos guarda-roupas) e de salto pq sabia que lá só teria pati,até um dia que eu cansei meti um tênis e me mandei.
Sim tinha gente com mt grana, outros com nem tanta grana assim, mais confesso que todos pessoas amáveis, legais, td bem nem tooooodos,mais a maioria sim...
NÃO sou do tipo que não faço amizade,onde vou conquisto amigos,sempre me dei bem com todos.

Foi muito difícil, pois o ensino estadual que tive foi mt fraco, após as aulas eu precisava correr na biblioteca para ter noções básicas de ciências para daí sim sacar oq o professo tava falando. Mais eu confesso que adorava o desafio.

Adorava chegar em casa e falar com meu pai sobre potencial de ação; tocsoplasmose, sobre tudo que eu tinha visto no anatômico, sobre as aulas no laboratório de histologia e assim por diante.

As aulas o dia td me matavam, como disse precisava passar na biblioteca antes de ir embora para acompanhar a turma, sendo assim eu saia da faculdade 11h30min da noite, e saia no outro dia de manhã as 05h30min. Mais eu era apaixonada por aquela rotina, Aos fds eu capotava e se pudesse durma até a segunda feira 05h30min.

Enfim o segundo ano foi melhor ainda, começamos a ter prática, a matéria mais reprovadora, era a matéria que eu mais estudava, mais gostava e mais entendia: a temida Periodontia.
Ai começou o pesadelo, 1ª lista de material foi uma facada no coração, porém meu pai pagou em muitas prestações mais deu td certo. Segunda lista de material seria equivalente ao mesmo valor, porém eu já ñ podia comprar, mais cirurgia era dupla, e a minha dupla sabia das minhas dificuldades e emprestava o material dela.

Em troca eu a ensinei td o preparatório para uma cirurgia desde anti-sepsia até como embalar gazes.
Mesmo aprendendo em sala de aula tds os procedimentos nada se comparam a experiência de saber oq ele ta falando, principalmente na questão de biossegurança.

A primeira cirurgia que eu fiz, confesso q estava nervosa, mesmo sendo craque em inervação da face, sabendo exatamente qual nervoso precisavam ser bloqueados, e mesmo auxiliado milhares de cri rugia e ter visto bem de perco como se fazia isso, era a primeira anestesia que eu daria em alguém.
Confesso que a emoção da primeira cirurgia não foi tão grande como a primeira cirurgia que eu auxiliei que essa sim foi marcante me emociono u e algo bem dentro de mim gritava "É ISSO QUE EU QUERO AFZER DA VIDA CARA"!

Mais para minha sorte deu td certo, o dente tava mais p lá do que pra cá, o paciente nem queria anestesia.
Na hr da sutura, me deu um branco, chamei a professora e na hr que ela calçou a luva, eu disse que não precisava, ela me assistiu e eu ganhei moral com ela, eu realmente sabia oq estava fazendo.

Aiiiii foi mt bom, muito.
Algo bom p me alegrar, pois nessa altura eu já sabia que a empresa não estava indo bem, que meu pai ñ tava com grana, que não existia nada guardado que me garantisse continuar.
Minha avó ficou doente e foi p hospital, meu pai sendo filho único, além de se preocupar com a falta se serviço precisava revisa entre hospital e trabalho.
Nem sempre tinha dinheiro p almoço o Jaison depositava um dinheirinho p eu almoçar, eu fazia um lanche e com 10,00 conseguia almoçar três dias.

Meu pai me pediu p trancar a faculdade, e p mim aquilo doeu demais.
Fui atrás de financiamento, mais eu tinha muita coisa, precisava de documentos dos meus avôs e naquela hr ñ era possível.

Cada dia que eu acordava eu sabia que o sonho de continuar estava mais longe.
Minha vó faleceu...
Meu pai além de estar sem serviço precisava lidar com uma dor q tds nós tínhamos que lidar.
Eu continuei a faculdade até o fim do ano. Mais eu sabia que era quase impossível eu estar ali no próximo ano.

Enfim como esperado no terceiro ano eu já não mais fazia parte da 8ª turma de odontologia.
Mais eu sempre tive esperanças que algo fosse acontecer...
Mais não...

Voltei a trabalhar e isso me machucava pq queria voltar formada.
Segui em frente, porém foi mt doloroso deixar td e todos...
Fui seguindo minha vida, e compreendendo que Deus sempre sabe oq faz...

Mantendo contato com o pessoal da minha turma, sabendo sempre das historia, dos babados, sendo convidada p festas, almoçando com as amigas sempre que possível...

Casei coisa que ñ teria acontecido se eu estivesse cursando Odonto. A apresentação do TCC deles era no mesmo dia que o meu casamento. Que loco né? Dia 6 de novembro de 2009

E semana passada foi à formatura da 8ª turma de odontologia.
P mim foi um honra ter sido convidada com tanto carinho, ñ só p colação como p Baile, mais para os jantares tbm.
Claro que o primeiro convite para o Jantar foi da minha dupla, e claro que eu aceitei o dela, porém mt feliz pelos outros convites.

Levei caixa de lençinhos p colação pq sabia que iria chorar litros.
Qd chegue e vi todos pomposos lá na frente me deram um orgulho de imediato, vendo eles lá em cima. Poxa eles venceram, nosso trote tinha sido ontem e hj eles estão lá em cima.
Qd o padrinho da turma falou, o professor de cirurgia, eu fiquei emocionada.
Qd fizeram a homenagem aos amigos, eu ri pq quando falaram de união amizades coisas boas juntos, eu ria das coisas ruins, dos babados, que naquela hr desapareceram rsrs.

Fui lindo, ao abraçar uma das minhas grandes amigas no final, eu debulhei em lágrimas, pq ela me agradeceu e disse q devia mt daquilo a mim, q puxava ela p estudar... E a mãe dela me disse que eu era MT especial. E isso não teve preço pra mim...

Encontrei a minha dupla mais p final, mais recomposta, e ñ chorei, foi só alegrias.

Ñ conseguir cumprimentar a todos.
Fomos ao jantar, fui p casa retocar a make, precisava estar linda.

Chegamos na hr da valsa,ai sim eu me imaginei lá, imaginei como seria o meu vestido, imaginei que eu tinha prometido p meu pai que compraria um uísque de 600,00 p ele comemorar no dia da formatura, confesso que foi difícil
Mais não era um momento de lamentações, e sim de festejar.

Bailei dancei, bebi demais, falei besteira, mais nada de vergonheira, abracei td mundo.

Em alguns momentos algumas pessoas, e não por mal, me olhavam com aquele ar "poxa vida". Ma eu tava bem, mt bem acompanhada, curti com as minhas amigas e amigos, bati milhoes de fotos, era literalmente uma festa.
Td mundo parabenizando pelo casamento, elogios a mil, muito desejos de sucesso eu dei a todos.

As 04h30min da manhã fui embora, só pq tinha acabado...

Entre muitas histórias hilárias daquela noite, confesso que me diverti apesar daquela tristezinha, e daqueles pensamentos de como seria a minha vida se eu estivesse a li.

Em fim o domingo foi fossa total, a segunda e não queria nem sair da cama.
Porém terça voltei p net p meninas o colcha, e vi que ali é meu lugar, não adiantava eu me refugiar no meu mundinho se tinha mt coisa que me fazia feliz aqui fora.

Claro que foram dias difíceis, de reflexão, de porquês; Mais Deus jamais me abandou, assim como jamais vai abandonar qualquer Ser desse mundo. Ele com certeza quis que fosse assim, se era p mim me formado ele iria arrumar os caminhos para isso.

Eu continuo sendo uma fã da odontologia, acho que é uma área da saúde fantástica, p mim mais fantástica do que a própria medicina, é estudo ferrado sim, é responsabilidade, mais é mt gratificante, tanto do setor estético quando ao de geração de saúde.

Quem me conhece sabe que se eu ganhar na mega sena vou cursar Odonto, não é uma questão de status e sim de paixão.
Se alguém ai ganhar na mega sena e quiser me dar de presente, ficarei mt feliz rsrs.

Não me importo por ter minhas fraquezas, tão pouco me importo de expressa-las. Eu sou imperfeita, sofro, choro tenho medos, sinto saudades. Colocar p fora me faz bem...

Eu demorei uma semana p conseguir fazer isso. E hj me sinto muito melhor.
Quem sabe os planos de Deus? Só ele, é mt difícil quando algo não sai como a gente sonhou, planejou, mais não cabe a nós questionar nosso destino.
Eu confio em Deus e sei que ele sempre sabe o que faz.

Agora o Texto da Clarice que me inspirou Hj.


Saudades

Sinto saudades de tudo que marcou a minha vida.
Quando vejo retratos, quando sinto cheiros,
Quando escuto uma voz, quando me lembro do passado,
Eu sinto saudades...

Sinto saudades de amigos que nunca mais vi,
De pessoas com quem não mais falei ou cruzei...

Sinto saudades da minha infância,
Do meu primeiro amor, do meu segundo, do terceiro,
Do penúltimo e daqueles que ainda vou ter se Deus quiser...

Sinto saudades do presente,
Que não aproveitei de todo,
Lembrando do passado
E apostando no futuro...

Sinto saudades do futuro,
que se idealizado,
provavelmente não será do jeito que eu penso que vai ser...

Sinto saudades de quem me deixou e de quem eu deixei!
De quem disse que viria
e nem apareceu;
de quem apareceu correndo,
sem me conhecer direito,
de quem nunca vou ter a oportunidade de conhecer.

Sinto saudades dos que se foram e de quem não me despedi direito!

Daqueles que não tiveram
como me dizer adeus;
de gente que passou na calçada contrária da minha vida
e que só enxerguei de vislumbre!

Sinto saudades de coisas que tive
e de outras que não tive
mas quis muito ter!

Sinto saudades de coisas
que nem sei se existiram.

Sinto saudades de coisas sérias,
de coisas hilariantes,
de casos, de experiências...

Sinto saudades do cachorrinho que eu tive um dia
e que me amava fielmente, como só os cães são capazes de fazer!

Sinto saudades dos livros que li e que me fizeram viajar!

Sinto saudades dos discos que ouvi e que me fizeram sonhar,

Sinto saudades das coisas que vivi
e das que deixei passar,
sem curtir na totalidade.

Quantas vezes tenho vontade de encontrar não sei o que...
não sei onde...
para resgatar alguma coisa que nem sei o que é e nem onde perdi...

Vejo o mundo girando e penso que poderia estar sentindo saudades
Em japonês, em russo,
em italiano, em inglês...
mas que minha saudade,
por eu ter nascido no Brasil,
só fala português, embora, lá no fundo, possa ser poliglota.

Aliás, dizem que costuma-se usar sempre a língua pátria,
espontaneamente quando
estamos desesperados...
para contar dinheiro... fazer amor...
declarar sentimentos fortes...
seja lá em que lugar do mundo estejamos.

Eu acredito que um simples
"I miss you"
ou seja lá
como possamos traduzir saudade em outra língua,
nunca terá a mesma força e significado da nossa palavrinha.

Talvez não exprima corretamente
a imensa falta
que sentimos de coisas
ou pessoas queridas.

E é por isso que eu tenho mais saudades...
Porque encontrei uma palavra
para usar todas as vezes
em que sinto este aperto no peito,
meio nostálgico, meio gostoso,
mas que funciona melhor
do que um sinal vital
quando se quer falar de vida
e de sentimentos.

Ela é a prova inequívoca
de que somos sensíveis!
De que amamos muito
o que tivemos
e lamentamos as coisas boas
que perdemos ao longo da nossa existência...
Clarice Lispector


Obrigada a todos que lerem tudo isso.
Obrigada as fofoletes, que mesmo sem saber me deixaram melhor essa semana. Obrigada aos amigos Odontologos que ingressam nessa profissão maravilhosa, que Deus abençoe a todos e de mt sucesso a cada um pois vcs merecem...


Um bom domingo p td mundo.

Amo amo amo...


Anita Campos da Silva


Fomatura de Odonto
Minha dupla formanda de verde

Eu e o Maridão

10 comentários:

Minhas inspirações disse...

Nossa, nem sei direito o que te dizer depois de ler tudo isso que você escreveu aqui. Sinto e tenho certeza que você é uma pessoa especial, suas palavras comovem e nos leva a frente.
Olha Deus realmente sabe o que faz, e tenha certeza que apesar da tristeza de não ter conseguido cursar odonto (eu também queria muito psicologia, rsrs), Ele tem planos bem maiores pra sua vida, e eu sei que você sabe disso.
Amei te conhecer um pouco através destas palavras.
Grande semana pra você...
Beijos

Thalita disse...

Sabe Nita, sei exatamente o que sente... e várias coisas que vc escreveu aqui, me fizeram refletir, principalmente sobre Deus saber o que é melhor para nós, e saber qual é a melhor hora... tenho passado por uma fase bem complicada, perdida, confusa... Mas é isso amiga, temos que erguer a cabeça e seguir em frente. Em algumas horas engolimos seco, sentimos coisas que não consideramos "certas" e tal... mas até mesmo isso faz parte do nosso crecsimento.
Força para você, e não preciso nem dizer que com certeza você terá muitas surpresas boas em sua vida.
Um super beijo para você!!!!

Fer Griebler disse...

Anita querida,
fiquei muito emocionada ao ler tua história de amor com a Odontologia....
Sabe que muitos dos que conheci na faculdade, ou mesmo na especialização não tinham nem 1/5 do amor que vc tem pela Odonto...
Eu sou criada em meio a odontologia, pai e mãe dentistas que sempre me inspiraram e motivaram meu amor pela profissão. Então posso dizer que sou como vc, uma apaixonada pela odonto, e depois de ler tudo que tu escreveu, pude entender que sou uma felizarda por poder fazer o que gosto e amar minha profissão!
Mas vc está certa em tudo, Deus tem um caminho traçado pra gente, e não cabe a nós perguntar o porque das coisas.... Cabe a nós sim, tentar viver com alegria qualquer que seja o caminho a ser seguido....
Tudo de bom pra vc....
Ah, e quem disse que vc não poderia ainda voltar a faculdade????? É uma guria nova, cheia de sonhos e o que é melhor.... vontade de realizar esses sonhos....
Se for pra ser, será!

Bjus

Deise e Anisio disse...

Oi amiga,Deus realmente sabe de todas as coisas,e vc está certa em desabafar,pq nessa vida nem tudo é só rosas.
Mais tudo tem o seu momento de acontecer e de ser.
Quando a gente quer muito uma coisa,um dia dia ela acontece.
Vc é esforçada,uma pessoa bacana,Deus vê o seu esforço,vc foi na formatura de coração aberto,sem ciúmes de ninguém que estava ali se formando.
Vc tem um bom coração e por isso é tão querida pelas pessoas.
Se não aconteceu aquela vez é pq não era o momento.
Mais nunca desita e sempre confie no seu potencial.
Que seus dias sejam bem melhores.
Boa semana.
Bjussssss =]

Nine disse...

Nossa miga, fazia tempo que não passava no seu cantinho (devido as férias) e não sabia o que estava acontecendo...
Imagino como vc deve ter ficado, é uma mistura de emoções né?
Alegria por ver nossos amigos se formando e vencendo mais uma etapa de suas vidas e triteza por não estar fazendo parte dessa turma...
Sei disso pois também passei por uma situação parecida...
Também fui convidada para a formatura daquela que seria minha turma, foi muito triste...
Mas claro que meus motivos foram diferentes, já que não precisei desistir do meu sonho,só não me formei porque fiquei para trás mesmo, pois no primeiro ano que entrei na facul, meu esposo faleceu em um acidente de moto e isso me fez faltar muito nas aulas e acabar reprovando em muitas matérias, o que foi trancando as matérias do proximo ano, e do próximo e assim sucessivamente...
Mas graças a Deus, esse ano eu me formo...
Espero que em breve vc consiga realizar o seu sonho, pois essa paixão pela profissão é muito importante para nos tornarmos profissionais de sucesso...
Tenho certeza de que vc vencerá e lá na frente vc vai olhar para atrás e dar mais valor a tudo que conquistou com tanta garra...
Estaremos todos aqui na torcida por vc viu menina, pois vc merece tudo de bom...
Saiba que apesar de estar meio ausente (espero mudar isso, já q voltei de férias..rs)pode contar comigo sempre que precisar viu?
E é muito bom ter vc na nossa família do Colcha...
Bjinhus minha linda e fique bem tá?

Pry Abreu (~~) disse...

Não gosto de comentar, MASSS...

Era pra chorar? Se não, desculpa, eu choreiii!

Faço terceiro semestre de Farmácia, na minha faculdade é o curso mais caro depois de Odonto, mas graças a Deus consegui bolsa, ao contrário de vc nunca sonhei com Farmácia, aconteceu, mas estou amando! Mesmo sendo bolsista e não tendo que comprar os materias é um gasto estrondo, é período integral tbm... Uma profissão dificil, requer MUITO estudo, tbm vim de ensino estadual ...
Acredito que Deus sabe de todas as coisas, e NADA é por acaso!
Espero que eu não precise adiar meu casamento e que termine a faculdade, espero que esteja seguindo o caminho certo!

Pode acreditar, vc ainda não realizou o grande sonho, porque algo melhor está por vim!

Não sou de comentar, mas te acompanho aqui, e agora no Colcha tbm.

Te desejo tudo que há de melhor!

Beijos
Pry
http://prytiltil.blogspot.com/

Mayra disse...

Nita..
o que tenho a te dize é:
Deus tem o melhor para vc.. pois somente ELE sabe quem pensamentos tem para vc, são de paz... Confia em Deus em todo o tempo. guarda o teu coração e os teus sonhos..
Tou orando por vc.. Deus está no controle de sua vida.. tenho certeza que grandes vitórias estão por vim.. amoo vc!!

Than disse...

Por isso eu te admiro sabia?
Q historia de paixao q vc tem com a odontologia!
É lindo ,mesmo sabendo q vc nao conseguiu concluir, mas vc tava la, com a sua turma, festejando e prestigiando todo mundo. Menina, isso é lindo, é unico e poucas pessoas são dessa forma!
Me encantei mais (do q eu ja era) por vc agora!

Tenho CERTEZA q vc vai voltar pra faculdade. CERTEZA. Sabe pq? Pela paixao q vc tem. Isso é dificil de achar por ai!

Beijoooos

Juh** disse...

Nossa flor, que historia hein?
Confesso que fiquei com lagrimas nos olhos!
Vc é uma menina linda e muito guerreira! E cada dia que passa eu te admiro muito mais!!!
Tenho certeza que Deus tem planos pra vc, e que seu sonho vain ser realizado, somos jovens temos tudo pela frente ainda!!!!
E se eu ganhar na mega sena! Sinta-se uma dentista formada!!
Amo muito!
bjus

Kety disse...

Muito lindo isso... mta vontade de viver,mta garra, mto amor, mta paixão.. essa é exatamente a receita da sua vida e a receita da felicidade...

bjs